Google+ Followers

sexta-feira, 2 de setembro de 2016

POR: NILZE COSTA E SILVA - DILMA FICA!

Nilze Costa e Silva - escritora

Mesmo consumado o golpe, Dilma fica!

Nilze Costa e Silva
Mulheres do Ceará com Dilma


Dilma fica no nosso ideário feminista como guerreira da pátria brasileira, mulher de coração valente, que sempre lutou pela Democracia. 
Dilma fica como símbolo de resistência de quem nunca teve medo de se submeter ao julgamento da história.
Dilma fica porque a história a revelará como uma mulher honesta e heroína da Democracia. 
Nós, do Movimento Mulheres do Ceará com Dilma, nos construímos sobre a perversa violência moral e psicológica sofrida por Dilma em 2014, durante a abertura dos jogos da Copa. Reunimos mulheres que já pelejavam nos movimentos contra as desigualdades de gênero e se indignavam com os indicadores que mostram o mapa da violência contra a mulher: “A cada cinco minutos, uma mulher é agredida no país, física, sexual, psicológica ou moralmente”. 
Reunidas, de repente nos deparamos com a situação da presidenta Dilma Rousseff, que sofreu todos esses tipos de violência ao longo de sua vida. Na juventude, a tortura a que foi submetida para defender a Democracia contra a ditadura militar, que incluiu estupros e martírio psicológico. Na maturidade, quando passou a sofrer injúrias de toda ordem
por ter sido eleita primeira mulher presidenta do Brasil.
Dilma fica por sua coragem de enfrentar tantas vezes a tirania dos covardes inimigos da democracia. 
E nós ficamos com ela. O Movimento Mulheres do Ceará com Dilma está cristalizado e continuará lutando contra qualquer tipo de violência ao gênero feminino, contra o racismo e a homofobia, tendo como esteio o exemplo de coragem e a obstinação da Presidenta Dilma Rousseff!


Nenhum comentário:

Postar um comentário