Google+ Followers

domingo, 30 de agosto de 2015

POR: MANOEL CÉSAR - O LIVRO DE ANA E ROSE

Manoel César - Poeta


O LIVRO DE ANA E ROSE Manoel César
Num mundo em desencanto Como este que se informatiza Avançando na tecnologia Cada vez mais desenvolvida Provando que a ciência não tem limites Em detrimento da espiritualidade... Mundo que desqualifica os valores Essenciais da vida Mundo que aumenta sensivelmente A violência, nos mostrando Só o desenvolvimento material Passando sempre o espiritual para trás... É neste momento que CONFISSÕES DE AMOR surge Como um relâmpago a clarear As trevas, nos mostrando que Está no amor a saída Para tão complicado e confuso Mundo atual... Não é só na literatura Através de Romeu e Julieta Ceci e Peri E outros casais famosos Que registraram amores infinitos Que vamos tomar conhecimento Em vida da grandeza do amor CONFISSÕES DE AMOR está provando Que realmente o amor Incomensurável e infinito EXISTE... Palmas para Rosenberg Pelo amor extraordinário Que ele teve a você, Ana Causando uma transformação extraordinária... E palmas também para você, Ana Margarida Por ter absorvido com grandeza Contribuindo para o refazimento Da vida de ambos Na harmonia do amor maior A leitura deste livro faz muito bem Ao âmago dos poetas E eu me incluo entre os aprendizes de Rosemberg e Ana... Que Deus os guarde Ele no céu e Aninha na terra VOCÊS SÃO PRECIOSOS
(Poema incluído em meu novo livro, a ser lançado em dezembro de 20l5, Intitulado O CÓRREGO DAS ANDORINHAS(o livro da infância feliz)
   


Nenhum comentário:

Postar um comentário