Google+ Followers

quinta-feira, 10 de julho de 2014

NO ESPORTE E NA VIDA É PRECISO SABER GANHAR E PERDER COM DIGNIDADE

Muitos brasileiros estão com vergonha da Seleção e até de serem brasileiros, por causa da derrota contra a Alemanha. Acham que o futebol brasileiro acabou. Dizem que nós não precisamos de futebol e sim de educação etc.. 
Nós precisamos de educação, saúde, segurança, moradia, mas, também, de diversão. Vejam a Alemanha, país do primeiro Mundo que tem tudo isso e a melhor seleção nesta Copa. 
O futebol está na alma do povo brasileiro e é um esporte bonito e democrático. Acho que os brasileiros devem, sim, continuar jogando e amando um esporte que é tradicional em nosso país. Entendo a tristeza e a frustração, mas não entendo a revolta, a indignação, a vergonha porque a seleção perdeu de 7x1 para a Alemanha. A estonteante vitória da Alemanha é totalmente inexplicável, porque, apesar da Seleção alemã ser superior e ter merecido a vitória, a seleção brasileira tinha condições de segurar melhor o jogo. Mas, errar e fraquejar faz parte do ser humano. Massacrar o técnico e os jogadores é absurdo. Afinal, muitas coisas contribuíram para o desastre e eles deram o melhor de si. 
Devemos tirar lições desta derrota, pois as grandes vitórias são construidas em cima de grandes derrotas. A própria Alemanha já perdeu várias vezes e se fortificou. PARABÉNS PARA SUA SELEÇÃO. 
Por outro lado, não podemos esquecer que o Brasil é o único país do Mundo cinco vezes campeão; o maior jogador de todos os tempos (Pelé) é brasileiro; deu ao Mundo o maior número de craques no futebol; foi o único país que participou de todas as COPAS; já chegou sete vezes a uma final; outras tantas a uma semi final e, por aí, vai. 
Pra mim, chegar entre as quatro seleções finalistas é uma vitória.Tem muita história para se orgulhar. Além disso, o Brasil é exemplo para o Mundo na mistura de raças, na tolerância religiosa, na alegria de seu povo e na convivência pacífica com outros povos. Apesar de nossa mancha negra, a escravidão, a própria Alemanha tem a Segunda Guerra Mundial e o Holocausto a envergonhá-la. Acho que os brasileiros deveriam levar o futebol com mais esportividade. Afinal, ganhar sempre não tem graça. No esporte como na vida, em um dia se ganha e em outro se perde. O importante é saber ganhar e perder com dignidade. 
Diz o ditado: UM DIA É DA CAÇA E OUTRO É DO CAÇADOR.

Ana Margarida Rosemberg
Fortaleza, 10 de julho de 2014

Nenhum comentário:

Postar um comentário