Google+ Followers

sábado, 24 de março de 2012

24 DE MARÇO - DIA MUNDIAL DE LUTA CONTRA A TUBERCULOSE

ROBERT KOCH

Berlim, 24 de março de 1882. Em uma reunião mensal da Sociedade de Fisiologia, Robert Koch, então, com 38 anos, anunciou a descoberta do bacilo da tuberculose. Estavam presentes naquela tarde histórica: Helmholtz, Löffler, Ehrlich e outros trinta e três médicos. Löffler descreveu, depois, que koch iniciou o seu discurso com certa timidez, já que era a sua primeira apresentação diante de uma assembléia tão distinta, mas, logo, retomou a cadência, relatando suas experiências de maneira segura e serena. 
Quando Koch terminou, a platéia perplexa não o apladiu, porém seus ouvintes, certamente, sentiram o privilégio  de terem participado de uma reunião médica histórica. 
Filho de um engenheiro de minas, nasceu Robert Koch  no dia 11 de dezembro de 1843, em Clausthal na Alemanha. Iniciou os seus estudos médicos em 1862, na Universidade de Göttingen. Em 1866, colou grau em medicina, com uma tese sobre o ácido succínico. Trabalhou durante algum tempo como médico no distrito de  Rakwitz, porém, em 1871, durante a guerra franco-prussiana serviu ao exército alemão. 
Em 1872, trabalhou como médico no distrito de Wollheim. Foi ali que sua mulher lhe deu um microscópio de presente de aniversário. Montou um pequeno laboratório e começou a estudar as enfermidades infecciosas. Descreveu, em 1876, o ciclo vital do bacilo do antrax, demonstrando pela primeira vez que um microorganismo específico era a causa de uma enfermidade determinada. Em 1881, descobriu  o bacilo da tuberculose, mas só o apresentou à comunidade científica no dia 24 de março de 1882.
Em homenagem ao grande cientista, é que hoje comemora-se o DIA MUNDIAL DE LUTA CONTRA A TUBERCULOSE.

Ana Margarida Arruda Rosemberg
Fortaleza, 24 de março de 2012

Um comentário:

  1. DO FACE BOOK

    Margareth Pretti Dalcolmo:
    Querida Ana Margarida, infelizmente vc não estava hoje no simpósio da Sociedade de Medicina do Rio de Janeiro que fez uma homenagem e inaugurou o retrato (óleo) do Clemente Ferreira. O que fiz, foi uma cópia de sua tese e dei de presente para a biblioteca deles e a Presidente Marília de Abreu Silva anunciou. Grande abraço, M

    DO FACE BOOK

    Josias Cavalcante:
    Muito bem lembrado Ana! Infelizmente, segundo dados do Programa Nacional de Controle da Tuberculose - MS (2011), ainda morrem anualmente no Brasil 4,8 mil pessoas acometidas de Tb.

    DO FACE BOOK
    Ana Margarida Arruda Rosemberg:
    Pois é Margareth Pretti Dalcolmo, não fizeram contato comigo. Hoje, reli boa parte da minha dissertação e senti, novamente, a importância do trabalho de Clemente Ferreira. Obrigada por ter ofertado cópia de minha dissertaçõo. Fiquei feliz com a merecida homenagem que fizeram a ele.

    DO FACE BOOK

    Ana Margarida Arruda Rosemberg:
    Josias, infelizmente a primavera da erradicação da tuberculose foi postergada. A AIDS, a resistência bacilar, além da miséria que perdura, são responsáveis.

    ResponderExcluir